Imprensa •  01/12/2021

Corteva forma 3º turma da Academia de Liderança para as Mulheres do Agronegócio

Something went wrong. Please try again later...

Nova edição do programa de capacitação está confirmada para 2022 

 

São Paulo, 01 de dezembro de 2020 – A Corteva Agriscience tem o compromisso de acelerar o desenvolvimento das mulheres rurais, estimulando a formação das futuras líderes do setor. E foi com esse propósito que nasceu a Academia de Liderança para as Mulheres do Agronegócio, que já formou 188 produtoras rurais de todo o país. Em novembro, as 166 participantes da turma de 2021 celebraram, por meio de um evento 100% online e interativo, a sua formatura no projeto de capacitação. Ao todo, 354 mulheres já passaram pela Academia.

“O reconhecimento do papel da mulher no agronegócio é uma bandeira que a Corteva levanta globalmente. Por meio da Academia, colaboramos para que essas mulheres ganhem mais visibilidade no setor e conquistem seus espaços”, comenta Rosemeire dos Santos, Gerente de Relações Governamentais da Corteva Agriscience no Brasil. A busca do público feminino por capacitação também está refletida em uma pesquisa realizada este ano pela Agroligadas, que contou com o apoio da Corteva, da ABAG e do Sicredi. O estudo, que entrevistou mais de 400 mulheres que atuam no agronegócio, revelou que 95% delas se preocupa em melhorar a capacitação profissional.

E em continuidade ao trabalho que vem sendo feito, a Corteva já confirmou a realização de uma nova turma em 2022. “Em fevereiro, abriremos inscrições para 150 vagas”, completa a executiva.

Em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) e a escola de negócios Fundação Dom Cabral, a Corteva idealizou o projeto a partir dos resultados de uma pesquisa realizada pela própria empresa, em 2018. Na época, foram ouvidas mais de 4 mil produtoras rurais, em 17 países – sendo 500 entrevistadas no Brasil – para entender as barreiras que impedem as mulheres de terem uma participação real e bem-sucedida no setor. Entre as brasileiras que responderam à pesquisa, 89% gostariam de ter acesso a treinamentos e 87% sinalizaram almejar uma formação acadêmica.

A primeira turma foi formada em 2019 com 20 participantes. Nesse mesmo ano, o programa envolveu 2.500 mulheres por meio de eventos e workshops. Em 2020 esse número mais que triplicou, e o programa contou com a participação de 150 mulheres, em um curso 100% online.

O objetivo da Academia é dar ao grupo um repertório (de ferramentas), impulsionar a presença feminina no setor e estimular cada vez mais o protagonismo feminino. Ao longo dos quatro módulos do curso, as agricultoras aprendem habilidades de liderança, economia e mercado agrícola, cenário político e os seus impactos no agronegócio, inovação e sustentabilidade. 

Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva Agriscience é uma empresa de capital aberto que oferece aos agricultores de todo o mundo o mais completo portfólio de insumos do setor, como sementes, proteção de cultivos e soluções digitais para maximizar a produtividade e a rentabilidade dos produtores. A empresa é detentora de algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura (Pioneer®, Granular®, Brevant® Sementes e premiados produtos de Proteção de Cultivos), trabalhando ativamente no desenvolvimento e lançamento de produtos por meio de seu robusto pipeline de química ativa e tecnologias. A empresa está empenhada em trabalhar com toda a cadeia para cumprir o seu propósito de enriquecer a vida daqueles que produzem e consomem, garantindo o progresso para as próximas gerações. A Corteva Agriscience tornou-se uma empresa independente em 1º de junho de 2019. Antes dessa data, era Divisão Agrícola da holding DowDuPont. Mais informações disponíveis em www.corteva.com

 

Acompanhe a Corteva Agriscience

em Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube.

Para mais informações:

InPress Porter Novelli

cortevaagriscience@inpresspni.com.br