Imagem Topo_Desktop

Garlon® 480 BR

Herbicida

Garlon® 480 BR controla com rapidez e eficácia a pindoba, aumentando a capacidade de suporte do seu pasto e facilitando o manejo do gado. Por ser um herbicida sistêmico, controla a pindoba e evita rebrotes.

Com apenas 1 litro de Garlon® 480 BR é possível controlar até 5 mil pindobas novas. Associado às boas práticas de manejo de pastagens, você pode aumentar ainda mais a capacidade de suporte do seu pasto.


Pasto_Mobile

Acompanhe tudo sobre pecuária no Pasto Extraordinário


Culturas

Pastagem

Pasture, Grass (Various)


Plantas daninhas alvo

Este produto entre um controle eficiente contra as seguintes plantas daninhas:

  • Assa-peixe-branco (Vernonia polyanthes)
  • Cambará, chumbinho (Lantana camara)
  • Erva-quente (Spermacoce alata)
  • Espinheiro, aromita (Acacia farnesiana)
  • Jurubeba (Solanum paniculatum)
  • Pindoba (Orbignya phalerata)

Referência para a Bula do Produto para Informações Completas de eficácia

Veja a Bula deste produto

Especificações Técnicas

Ingrediente ativo      Triclopir-butotílico 667,0 g/L

Posicionamento       é um herbicida recomendado para o controle de plantas infestantes em Pastagens e na cultura do Arroz.

Aplicação Terrestre   

  • Equipamento tratorizado

    Os parâmetros de aplicação através de equipamento tratorizado, como ângulo de barra, tipo e número de pontas, pressão de trabalho, largura da faixa de aplicação, velocidade pulverizador, entre outros, deverão seguir as recomendações do modelo do pulverizador definido pelo fabricante e as recomendações do Engenheiro Agrônomo, seguindo as boas práticas agrícolas.

  • Equipamento costal

    Os parâmetros de aplicação através de equipamento costal, como tipo de pontas, pressão de trabalho, entre outros, deverão seguir as recomendações do modelo do pulverizador definido pelo fabricante e as recomendações do Engenheiro Agrônomo, seguindo as boas práticas agrícolas. Os parâmetros climáticos a serem seguidos no momento da aplicação deverão favorecer a adequada cobertura do alvo biológico pela calda de pulverização e deverão minimizar o risco de deriva para áreas adjacentes. Normalmente, as condições favoráveis à pulverização são: temperatura abaixo de 32°C, umidade relativa superior a 60% e vento inferior a 10 km/h. Esses parâmetros normalmente são obtidos realizando-se as aplicações no período das 6 às 10 horas da manhã e a partir das 16 horas. Aplicações efetuadas nas horas mais quentes do dia deverão ser evitadas, pois causarão perdas das gotas devido a ação das correntes térmicas ascendentes.

 

Aplicação Aérea       Os parâmetros de aplicação através de equipamento aéreo, como ângulo de barra, tipos e número de pontas, pressão de trabalho, largura da faixa de aplicação, velocidade e altura de voo, entre outros, deverão seguir as recomendações do modelo do avião definido pelo fabricante e as recomendações do Engenheiro Agrônomo, seguindo as boas práticas agrícolas.
Os parâmetros climáticos a serem seguidos no momento da aplicação deverão favorecer a adequada cobertura do alvo biológico pela calda de pulverização e deverão minimizar o risco de deriva para áreas adjacentes. Normalmente, as condições favoráveis à pulverização são: temperatura abaixo de 32°C, umidade relativa superior a 60% e vento entre 2 e 10 km/h.